Make your own free website on Tripod.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Escola Bíblica

 

 

Lição 03 – O Elias que havia de vir: Quem é?

Leitura Bíblica: Deuteronômio 13:1-11

 

A lei e os profetas duraram até João: desde então é anunciado o reino de Deus, e todo o homem emprega força para entrar nele”. Lucas 16:16

 

Do Velho Testamento até os dias de João Batista, o ministério profético tinha uma única forma de se apresentar: um homem, em determinada época, era usado por Deus para lhe servir como profeta. O povo o considerava guia espiritual e nele buscava a palavra. Esta forma de ministério profético se estendeu até João Batista, o qual foi o últimos dos profetas nos moldes do antigo pacto. Com o surgimento de seitas e denominações, apareceram alguns que se intitulam de profetas. São homens e até mulheres que reivindicam um ministério tal como era o de Isaías, Jeremias, Daniel e outros. Este pensamento é desaprovado na Bíblia e veremos como estes pretensos profetas enganam-se a si mesmo e a humanidade.

 

QUESTIONÁRIO

1) Que promessa foi dada por Deus no tocante a volta do profeta Elias? Malaquias 4:5,6. A leitura do contexto de Malaquias nos faz entender que este profeta Elias viria para a nação de Israel.

 

2) Que disse o anjo Gabriel a Zacarias ao anunciar o nascimento de João Batista? Lucas 1:15-17. Pelas palavras do anjo fica claramente provado que o Elias prometido era e foi João Batista.

 

3) Elias viria antes do Messias? Como entenderam os discípulos o cumprimento desta profecia? Mateus 17:9-13. Os discípulos não entenderam que Elias ainda viria, mas entenderam que já tinha vindo e era João Batista. Portanto, Malaquias 4:5,6 é profecia cumprida.

 

4) Que testemunho deu Jesus a respeito de João Batista? Mateus 12:12-14. É interessante notar como os homens se afastam da verdade. Existe, atualmente, um grupo religioso que aceita um cidadão norte-americano (Willian Branham) como o Elias prometido do livro de Malaquias. Trata-se de um sério engano. Willian Branham viveu no século XX e falhou em suas predições sobre o futuro.

 

5) Que similaridade de grande importância existiu entre o profeta Elias do Velho Testamento e João Batista? Mateus 3:4; II Reis 1:6-8.

 

6) Que teste bíblico podemos aplicar nos supostos profetas que se apresentam em nossos dias? Deuteronômio 18:21,22. Buscando credibilidade, os profetas modernos se envolvem em previsões e marcação de datas. Mas, tudo isto resulta em prejuízo de suas pretensões, pois o que predizem não se cumpre. Com Willian Branham não foi diferente. Este afirmou, “junto com o Espírito Santo”, que o milênio deveria começar em 1977: “A dispensação da Igreja de Laodicéia”, pág. 6-9. O que você diria desta previsão?

 

RETORNAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

.