Make your own free website on Tripod.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Escola Bíblica

 

 

Lição 10 – OS APÓSTOLOS FALARAM DA APOSTASIA

Leitura Bíblica: Judas 3-13

 

E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição”. II Pedro 2:1

 

O termo apostasia vem do grego apostasia e significa afastamento. Indica um abandono deliberado de qualquer crença antes defendida. Aponta para aquelas pessoas que deslizam no devido cuidado da fé. Toda a Igreja, nos tempos primitivos, defendeu uma única e perfeita doutrina, que foi ensinada pelos apóstolos e seus sucessores. No entanto, mais cedo do que se esperava, apareceram os falsos mestres. Estes aos poucos foram levando boa parte do povo de Deus para o caminho do engano, mesclando a fé cristã com princípios advindos do paganismo.

 

QUESTIONÁRIO

1) Por quantas vezes vamos encontrar a palavra “apostasia” nos escritos neo-testamentários? Atos 21:21; II Tessalonicenses 2:3. Na citação do livro de Atos podemos perceber claramente que apostasia significa afastar-se de uma crença ou prática de fé antes defendida. Sobre o rei Antíoco Epifânio, nos é dito que ele favorecia a apostasia dos judeus para a religião dos gregos (I Macabeus 2:15-20).

 

2) Existe alguma relação entre a apostasia e a vinda do anticristo? II Tessalonicenses 2:1-3; I João 2:18,19; 4:3; II João 7. A vinda do anticristo é uma conseqüência direta da apostasia, sendo que não podemos separar um assunto do outro. A confirmação da autoridade do bispo de Roma sobre a cristandade foi o resultado de um processo de mudança que passou a ocorrer no sistema de governo das igrejas desde o século II.

 

3) Por ser um apóstolo de destaque, tinha Pedro autoridade sobre toda a Igreja e seus responsáveis locais? Que admoestação de grande valor nos fez este servo de Deus no tocante ao governo da Igreja? I Pedro 5:1-4. No Concílio de Jerusalém (Atos 15) Pedro se levantou e falou de sua missão entre os gentios. Deu a sua opinião e depois parou para  ouvir o que os outros anciãos tinham a dizer. Neste Concílio, a palavra de Pedro não foi a última. Quem falou por último foi o apóstolo Tiago, irmão do Senhor. A decisão que tomaram foi dirigida pelo Espírito Santo. Em sua primeira epístola, Pedro não se coloca em posição superior aos demais obreiros da Igreja. Diz ele: “sou presbítero com eles”. Sua admoestação é esclarecedora e nos mostra que o líder maior da Igreja é o Sumo Pastor que está no céu.

 

4) Como os movimentos centralizados acabam por enveredar pelo caminho da apostasia? Um movimento com sistema de governo centralizado se justifica dizendo que a centralização é boa para impedir e evitar a apostasia. Todavia, em toda a história eclesiástica e mesmo dentro da Igreja de Deus, a apostasia foi mais operante nos grupos que centralizaram a administração. Geralmente, nestes movimentos, uma única liderança ou uma única família acaba por se estabelecer no poder e tudo o que diz ou faz é seguido pelos outros. Logo, se a liderança maior toma o rumo da apostasia, todos seguem o mesmo caminho.

 

RETORNAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

.