Make your own free website on Tripod.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Escola Bíblica

 

 

Lição 13 – A IGREJA FOGE PARA O DESERTO

Leitura Bíblica: Apocalipse 12:6-17

 

E a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus, para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias”. Apocalipse 12:6

 

Para aqueles que permaneciam fiéis à doutrina bíblica e mandamentos de Deus não restou outra alternativa: fugir para os lugares desertos da terra, afim de preservar a palavra da verdade. A História nos fala da existência de inúmeros cristãos que, durante os séculos da era medieval, fizeram oposição à religião romana e seu chefe.  A viva fé nas Escrituras fez com que a verdadeira Igreja se refugiasse nos montes e buscasse segurança vivendo afastada do mundo dos ímpios.

 

QUESTIONÁRIO

1) O que vem a ser a mulher de Apocalipse 12 e por que é perseguida pela serpente? Apocalipse 12:17. A mulher e sua semente está identificada com aqueles que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus. Isto nos vem a provar que a mulher é a Igreja, o povo eleito do Senhor.

 

2) Existem textos bíblicos que comparam a Igreja à uma mulher? II Coríntios 11:2; Efésios 5:22-29. Na Bíblia, a Igreja é a noiva do Cordeiro. Para se manter nesta condição, deve permanecer na fé e na pureza do evangelho.

 

3) Para onde a mulher fugiu, por quanto tempo permaneceu escondida e quando isto aconteceu? Apocalipse 12:6,14. Os 1260 anos é um período situado, como referência, entre os anos 538-1798. Este é o tempo em que a Igreja permanece no deserto e é justamente a época em que o papa governa a cristandade apostatada no ocidente. A Igreja sobreviveu, saiu do deserto e hoje proclama a verdade a todas as nações da terra.

 

4) O que significam as duas asas da grande águia que foram dadas à mulher? Apocalipse 12:14; Jó 39:27,28. A águia escolhe para a sua habitação os lugares mais altos das montanhas. A História nos fala de inúmeros cristãos que viveram, nos tempos medievais,  na região alpina da Europa. Esta região, naqueles tempos, era um lugar isolado e de difícil acesso. Ali foi preservada, durante muitos séculos, a semente da verdade. Logo, podemos concluir que, as asas da grande águia foi a capacidade que            Deus concedeu a seu povo para que se abrigasse em lugares altos e seguros.

 

Para louvar: Hino de autoria do Pastor Raul Ferreira da Luz, de Blumenau/SC:

 

A Igreja de Deus começou em Jerusalém

Foi por toda a Judéia e Samaria também

E até os confins da terra, Jesus mandou pregar

E confirmando a palavra, os sinais iam acompanhar

 

A Igreja de Deus, dela falou Daniel

Nos dias da inquisição, permanecendo fiel

Quando ela foi perseguida, no deserto se escondeu

E por três tempos e meio, foi protegida por Deus

 

A Igreja de Deus nos dias atuais

Segue em sua missão, no evangelho da paz

Pregando o Reino de Deus, anunciando a salvação

E não vai morar no céu, mas vai morar em Sião

 

 

RETORNAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

.